Jesus, a nossa páscoa

 Páscoa é uma mensagem de amor vinda diretamente do coração de Deus para cada um de nós.

 

Há muito tempo atrás, quando os filhos de Israel viviam debaixo de opressão sob a mão dos egípcios, Deus preparou um caminho para a libertação deles. Faraó mantinha Israel debaixo de terrível jugo porque se aproveitava de seu trabalho escravo, o que acontecia já pelo espaço de quatrocentos e trinta anos. Mas houve um momento em que Deus disse: Basta!

 

Por meio da liderança de Moisés as ordens começaram a ser dadas. Em certa noite um anjo passaria por todo o Egito à meia-noite. Toda casa em cujos umbrais não houvesse um sinal de sangue, o anjo entraria e mataria o primogênito (primeiro filho) daquela família. Mas no lugar onde houvesse o sinal do sangue haveria livramento.

 

Para que o sangue fosse obtido era necessário que um cordeiro morresse. Ele padeceria em lugar do primogênito. Todas as famílias de Israel que acreditaram na mensagem divina fizeram conforme a direção recebida. Separaram um cordeiro macho, sem defeito. Comeram da sua carne e aplicaram seu sangue nas vergas e umbrais das portas das casas em que habitavam. Ao passar o anjo e ao avistar o sinal do sangue, “passava por cima” das casas e não feria a ninguém. Daí a origem da palavra Páscoa, do hebraico Pesach, que significa “Passagem”. A passagem por cima das casas poupando da morte o primogênito só foi possível por causa do sangue do cordeiro derramado e aplicado em lugar visível. Naquela mesma noite Israel saiu do Egito com tudo o que lhe pertencia, em direção à Terra Prometida, lugar onde se estabeleceria depois de alguns anos.

 

A partir desse evento, todos os anos a nação era lembrada do fato de que através da morte de um cordeiro houve livramento para todos. Um cordeiro morreu em lugar do homem.

 

Mas o animal que morria pelos outros era apenas uma figura do verdadeiro Cordeiro que um dia havia de se entregar em favor de toda a humanidade. Estamos falando de Jesus. Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo – João 1:29.

 

Há dois mil anos que Ele se ofereceu a Si mesmo para nos resgatar dos nossos pecados e nos trazer livramento. Assim como o cordeiro da páscoa morria pelo primogênito, assim Cristo tomou o nosso lugar na cruz. Hoje o seu sangue é aplicado não mais nas vergas e umbrais de uma casa física e terrena, mas sim no nosso coração.

 

A grande boa notícia é que Cristo ressuscitou dentre os mortos ao terceiro dia e dessa forma venceu o pecado, a doença, a dor e a própria morte.

 

Cristo ressuscitou ao terceiro dia e através desse grande milagre, todos os que estavam tristes e desesperados com a sua partida, puderam se regozijar novamente.

 

E aqui estamos nós, nesta manhã da ressurreição, felizes porque o nosso Amado Senhor Jesus está vivo e pronto para interceder em nosso favor sempre que precisarmos.

 

O meu desejo é que hoje você possa ver seus sonhos ressurgindo dentre os escombros. Mais do que isso: veja Cristo mesmo ressurreto em seu coração. Não o Cristo dos livros ou dos crucifixos nos templos – mas o Cristo verdadeiro e real. Aquele que quer fazer parte da sua vida de forma íntima e pessoal

 

Textos bíblicos: Êxodo 12:1-14; Êxodo 12:21-28; Marcos 15:22-39; João 1:29; João 20:1-18; 1 Coríntios 5:7-8

 

0 Responses to “Jesus, a nossa páscoa”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Folow us!

Arquivos de posts

Calendário

abril 2011
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Page do SPH


%d blogueiros gostam disto: