Batalhe até o fim!

Existem algumas coisas pelas quais vale a pena morrer. O Evangelho está no topo da lista. Independente do que os outros possam dizer ou do que seja mais aceitável culturalmente, o Evangelho permanece como o poder de Deus para lidar com o peso, o poder e até a presença do pecado e, por isso, vale a pena entregar sua vida por e para ele.

Isso é algo muito importante a ser lembrado em um tempo em que tantos pregadores estão questionando (e até zombando) as doutrinas básicas da fé cristã, pelas quais irmãos e irmãs, por toda a história, levaram tiros, foram queimados, perderam seus filhos, foram estuprados, decepados ou aprisionados. À luz disso, é inevitável pensar na carta de Judas:

Senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé de uma vez por todas confiada aos santos. Pois certos homens […] infiltraram-se dissimuladamente no meio de vocês […] e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem

Perverter a graça de Deus é um negócio sério – mexer com as boas novas é, em última análise, uma notícia muito ruim.

Tanto o liberalismo como o legalismo teológico “transformam a graça de nosso Deus”. Ambos são igualmente perigosos porque ambos ignoram o evangelho. Os liberais pervertem a graça de Deus ao torná-la uma leve tolerância divina e uma recusa em julgar alguém por qualquer coisa. Os legalistas pervertem-na ao manter uma postura cautelosa, até suspeita, em relação à graça – lutando pela necessidade de “mantê-la nas devidas proporções”, com uma postura de “de graça, mas…”, o que deixa no ar algumas brechas para que o moralismo continue cercando nossos corações e nossas igrejas.

Na raiz tanto do liberalismo quanto do legalismo teológico está a descrença – a falha em crer no evangelho da graça de Deus em toda sua glória, radicalidade e escândalo.

Falando sobre essa falha em crer no evangelho, que inevitavelmente leva a uma falha na pregação, B. B. Warfield nos exorta com urgência e clareza:

Quando nós realmente cremos no Evangelho da Graça de Deus – quando realmente acreditamos que é o poder de Deus para a salvação, o único poder para salvação nesse nosso mundo caído – é comparavelmente mais fácil pregá-lo, pregá-lo em sua pureza, mesmo em face desse mundo zombeteiro, truculento e homicida. O segredo é… creia no Evangelho, e você será capaz de pregá-lo. Deixe os homens falarem o que quiserem  e fazerem o que quiserem – deixe que critiquem, ridicularizem, persigam e ataquem – creia no Evangelho e você será capaz de pregá-lo.

Os homens costumam falar de alguns elementos do Evangelho: “Eu não consigo pregar isso”. Algumas vezes, eles querem dizer que o mundo não vai aceitar isso ou aquilo. Algumas vezes, querem dizer que o mundo não vai receber bem isso ou aquilo. Algumas vezes, que eles não podem pregar isso ou aquilo para conquistar o respeito ou a simpatia ou a aceitação do mundo. O Evangelho não pode ser pregado? Não pode? Ele poderá, se você crer nele. Aqui está a raiz da sua dificuldade. Você não crê completamente no Evangelho! Creia! Creia no Evangelho e ele vai ser pregado automaticamente!

Deus não nos enviou ao mundo para falar sobre as coisas mais plausíveis que imaginarmos; para tocar os homens com aquilo em que eles já acreditam. Ele nos enviou para pregar verdades impalatáveis a um mundo perdido no pecado; verdades aparentemente absurdas para os homens, orgulhosos de seu intelecto; verdades misteriosas para homens carnais que não são capazes de receber as coisas do Espírito de Deus. Devemos nos desesperar? Certamente, se dependesse de nós não só o plantar e regar como também o crescimento. Certamente que não, se dependermos e apelarmos para o Espírito Santo.

Mas deixe que Ele se mova em nossos corações para que creiamos nessas verdades; quando crermos, poderemos falar. Deixe também que Ele se mova nos corações de nossos ouvintes para que creiam naquilo que Ele mesmo nos levou a falar. Não podemos proclamar para o mundo que ele está ardendo em fogo – é algo desagradável de dizer, principalmente na presença daqueles cujo interesse é justamente não acreditar nisso? Creia, e rapidamente você será levado à proclamação da verdade impalatável! Então creia e afirmemos todos que o mundo está perdido em seu pecado e indo cada vez mais ao encontro da danação eterna, que em Cristo somente há redenção e que somente pelo Espírito os homens podem receber a redenção. Que importa se formos impalatáveis, se falamos a verdade? E se falamos da verdade, falemos com urgência.

Cristão, creia no Evangelho… e então pregue-o! Você pode ser perseguido, perder sua vida, sua reputação e “relevância”, mas o Evangelho sempre será o poder de Deus para libertar os cativos.  Não se esqueça disso. Não ignore isso. Vale a pena morrer por isso.

Anúncios

0 Responses to “Batalhe até o fim!”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Folow us!

Arquivos de posts

Calendário

maio 2011
D S T Q Q S S
« abr   jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: