Vamos orar?

Por Abner Arrais

Até onde eu sei todo crente ora (ou a maioria), mas percebo que ainda temos muito o que mudar em nossas orações. Por exemplo: estudo em uma escola cristã e quando algum professor ou o pastor diz “vamos orar!” todos baixam a cabeça, fecham os olhos e ficam com a posição ereta. Não é pecado fazer isso, aliás, acho muito legal essa ideia de ter reverência ao orar, mas será que todos que fazem isso fazem dando mais importância ao “momento sagrado” da oração ou com quem estão orando?

 “Mas virá o tempo, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em Espírito e em verdade. Pois são esses os adoradores que o Pai procura”. João 4:23 (Nova Bíblia Viva).

 É interessante ver o quanto a oração é importante. Tão importante que Jesus fez questão de ensinar aos seus discípulos como orar. Mas em João 4 surge uma dúvida sobre isso: o certo é orar/adorar no templo ou no monte? Jesus dá uma simples e fantástica resposta: os verdadeiros adoradores pouco se importam se é no templo ou no monte que estão, eles adoram em Espírito e em verdade.

 Uma oração sincera não depende de olhos fechados, posição ereta, cabeça baixa ou estar com outros cristãos, mas da disposição do nosso Espírito em fazer isso. Para entender um pouco melhor sobre oração, creio que temos que quebrar um paradigma. Frequentemente definimos oração como falar com Deus. Vago. Gosto de como Valnice Milhomens define no livro “Comunhão e Princípios de Fé”:

Às vezes ouvimos a definição: “Orar é falar com Deus”. Definição muito simplista. Podemos falar com alguém e isso não significar nada para nós. Falamos até com um desconhecido e logo nos esquecemos do fato. Ne todo o que conversa, comunga; mas todo o que comunga, conversa… Oração é o encontro do Pai celeste com Seu filho, numa comunhão de amor.

 Quantas vezes não conversamos com uma pessoa dentro de um ônibus, no elevador, ou até mesmo na nossa comunidade sem nos relacionarmos profundamente com ela. Muitas vezes conversamos sem conhecermos a pessoa com quem conversamos. Aproveitando a definição que autora acima deixou, re-escrevo para deixá-la um pouco mais clara: Oração é o relacionamento do meu espírito recriado (nova criatura) com o Espírito Santo de Deus.

 Como somos seres pecadores, nós em nossa natureza pecaminosa não podemos nos relacionar profundamente com um Ser Santo, por isso é necessário que matemos nossa carne e deixarmos sermos guiados pelo Espírito cada dia mais e mais.

 Claro que uma vez que a oração é relacionamento, e não podemos nos relacionar com Deus em nossa condição de pecadores, devemos também saber que como qualquer relacionamento, a oração também começa com uma conversa (e nesse caso sim a oração começa com uma conversa com Deus, mas não se limita a isso). Então vemos mais um versículo sobre oração:

 “Orem continuamente”. 1 Tessalonicenses 5:17 (Nova Versão Internacional)

 Orar sem parar? Talvez seja limitação da minha mente (ou não), mas quando vejo esse versículo, ele parece até não ter um contexto favorável a sua interpretação. Mas creio que a partir do momento que entendemos que a oração não é falar com Deus, podemos tornar vivo em nossas vidas o “orai sem cessar”.

 Sabendo que oração não é falar com Deus podemos tornar vivo em nossas vidas o “orai sem cessar”. Tendo em mente que oração não é relacionamento, podemos ver que em nossos relacionamentos nos comunicamos com as pessoas através de gestos, risos, lágrimas e até mesmo pensamentos, além das palavras. Se nos comunicamos assim com as pessoas, porque será que nos comunicariamos de uma forma diferente com Deus?

 Será que em nossas orações, quando mudamos o tom de nossa voz ou levantamos nossas mãos ou mudamos nossa postura estamos orando em Espírito e em verdade? Se não, temos que corrigir nossa vida de oração.

 Nós não temos momentos de relacionamentos, temos relacionamentos. Não temos momentos para orar, temos vida de oração. Ou pelo menos deveríamos ter…

Esse post tem a inspiração de @lucasguibor

Anúncios

0 Responses to “Vamos orar?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Folow us!

Arquivos de posts

Calendário

julho 2011
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: